É permitido a utilização de sensores de ré ou estacionamento nos veículos de aprendizagem, tanto para ministrar aulas, como para utilização nos exames de prática de direção veicular?

R: A Resolução Contran nº 726 previa a possibilidade da utilização de novas tecnologias embarcadas nos veículos, como os sensores de ré, sensores de proximidade, sensores de indicação da utilização de cinto de segurança, de retrovisor, assim como o assistente de partida em rampa, vedando apenas o sistema autônomo de estacionamento. Porém, a referida resolução foi revogada e neste momento não temos um posicionamento oficial do Detran-SP quanto a possibilidade de utilização dessas novas tecnologias nos veículos de aprendizagem.