O Sindautoescola.SP apresentou ao Detran.SP na última semana a proposta de recepcionar, conferir e enviar ao setor responsável do departamento de trânsito a documentação necessária de diversos serviços, de caráter urgente, das Autoescolas/CFCs que até o início da quarentena eram solicitados via protocolados nas respectivas unidades do Detran.SP — ou no Serviço de Autoescola (SAE) na capital paulista. Veja a seguir os serviços listados na proposta do Sindicato.

• Inclusão e exclusão de instrutor de trânsito

• Inclusão e exclusão de diretor de ensino e geral

• Captura de biometria para novo instrutor de trânsito

• Pedido de placa de aprendizagem e baixa de placa de aprendizagem

• Mudança de endereço Autoescola/CFC

Resumo da proposta

A proposta prevê que o Sindicato utilize suas próprias dependências e/ou canais online (e-mail) para receber a documentação relacionada aos serviços listados acima, realizar a triagem e conferência e, caso a documentação esteja completa e correta, encaminhar para o setor responsável do Detran.SP para andamento da solicitação.

“Queremos contribuir para que, quando da retomada total de nossos serviços, as Autoescolas/CFCs não sejam prejudicadas por falta de adequações em suas estruturas de recursos humanos e físicas. Temos a informação que muitas autoescolas tiveram que sair do seu local de credenciamento e precisam urgentemente se adequar em novo endereço”, diz Magnelson Carlos de Souza, presidente do Sindicato.

O Detran.SP ainda não se manifestou sobre essa possibilidade. Essa proposta de trabalho em conjunto vem em conformidade com as informações divulgadas na mídia que falam de uma reformulação do Detran.SP, especialmente no que se refere a suas unidades de atendimento e recursos humanos.