• Av. Tiradentes, 998 7º andar, Luz - SP
  • (11) 3929-5779

COVID-19 (NOVO CORONAVÍRUS)

Leia todas as informações publicadas pelo Portal Sindautoescola.SP relacionadas a crise causada pelo Covid-19 (novo coronavírus).

Governo cria identificação biométrica e inicia emissão de CNH digital

Medida trará agilidade, segurança, serviço de consulta biométrica ao comércio e economia anual de R$ 98 milhões aos cofres públicos.

Por Sindautoescola.SP
Criado em 22/03/2018 — Atualizado em 22/03/2018

Governo cria identificação biométrica e inicia emissão de CNH digital
O governador Geraldo Alckmin durante audiência com os secretários Saulo de Castro, Marcos Monteiro e Mágino Alves Barbosa - DIVULGAÇÃO

O governador Geraldo Alckmin assinou nesta quarta-feira (21) o decreto que determina a criação do Sistema Estadual de Coleta e Identificação Biométrica Eletrônica – Sistema Biométrico, destinado à identificação pessoal de usuários de serviços públicos. A medida busca desburocratizar a vida das pessoas.

O sistema contará com o Banco de Dados Biométricos Estadual, que permitirá estender, gradativamente, a identificação pessoal biométrica a outros serviços públicos estaduais além da emissão do RG e da CNH.

“São quatro benefícios para a sociedade. Primeiro a CNH será digital, a pessoa mostrará no celular. Já a CNH de papel a pessoa vai receber pelo correio e de graça”, comentou Alckmin na cerimônia de assinatura do decreto. “A biometria evita fraude e será usada por todas as áreas do governo. Depois a economia para os cofres públicos. São medidas que facilitam a vida do cidadão”, ressaltou.

Vídeo


Parte desta notícia foi retirada do site do Governo do Estado de SP

LEIA MAIS NOTÍCIAS

A espera de um milagre... do Governo Federal!

Embora pareça que o Governo Federal tenha olhos apenas para os caminhoneiros e trabalhadores informais, esperamos uma ação do poder executivo que preserve um dos setores que mais contribui para o País.

RECEBA NOSSAS INFORMAÇÕES VIA WHATSAPP

Cadastre seu número para receber nossas notícias e acompanhar ainda mais de perto nosso trabalho.