• Av. Tiradentes, 998 7º andar, Luz - SP
  • (11) 3929-5779

COVID-19 (NOVO CORONAVÍRUS)

Leia todas as informações publicadas pelo Portal Sindautoescola.SP relacionadas a crise causada pelo Covid-19 (novo coronavírus).

O reflexo da alta (e falta!) do combustível para as Autoescolas/CFC’s no estado de São Paulo

Com os recentes acontecimentos relacionados a alta e falta do combustível no Brasil, o Sindicato faz recomendação à categoria.

Por Sindautoescola.SP
Criado em 24/05/2018 — Atualizado em 24/05/2018

Se não bastasse todas as dificuldades que o setor enfrenta com a crise econômica atual, as Autoescolas/CFC’s agora precisam lidar com o cenário da falta de combustível no país.

Uma estatística apurada pela Tendências Consultoria mostra que no período entre julho de 2017 a abril de 2018, a gasolina ficou quase 30% mais cara e com os primeiros números do mês de maio de 2018, o aumento salta para 46%.

Dessa maneira, o Sindautoescola.SP recomenda aos empresários do setor uma atenção especial quanto aos itens abaixo:

Rever constantemente a planilha de custos de sua Autoescola/CFC

Atenção na definição e fixação dos valores e honorários praticados pela sua empresa

Rever, urgentemente, o seu contrato de prestação de serviços, incorporando cláusula(s) que, em caso de fatores externos, possa contemplar medidas protetivas para o consumidor, assim como para a Autoescola/CFC

Para o presidente do Sindicato, Magnelson Carlos de Souza, o momento é de instabilidade e incertezas políticas e econômicas, o que reflete na queda acentuada dos serviços prestados pelas Autoescolas/CFC’s. “Os empresários do setor devem ter muita cautela na tomada de decisão neste difícil momento que o país atravessa”, afirma o presidente.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

A espera de um milagre... do Governo Federal!

Embora pareça que o Governo Federal tenha olhos apenas para os caminhoneiros e trabalhadores informais, esperamos uma ação do poder executivo que preserve um dos setores que mais contribui para o País.

RECEBA NOSSAS INFORMAÇÕES VIA WHATSAPP

Cadastre seu número para receber nossas notícias e acompanhar ainda mais de perto nosso trabalho.