Sexta, 15 Dezembro 2017

Depoimentos sobre Simulador - CFC Veja

O Sindautoescola.SP preparou um questionário para o Diretor Proprietário do CFC Veja, Fernando Atorino. Veja o que ele respondeu

1) A quanto tempo você está utilizando o Simulador de Direção Veicular? Quando da implantação, o Simulador trouxe algum efeito positivo?

R: Há dez meses: Sim, como ferramenta de apoio e suporte no início do processo de habilitação, o Simulador de Direção colabora para minimizar o primeiro impacto do candidato antes de sair com o veículo na rua. Consegue trabalhar desde a ergonomia do aluno, passando por conhecimento dos instrumentos de painéis, assim como familiariza o comando de pedais e alavanca de câmbio e freio de estacionamento, vivenciando e coroando o trabalho visto dentro da parte teórica, ou seja, tendo um primeiro contato com suas reações frente algumas adversidades e ao mesmo tempo trabalhando sua inteligência sensorial e mecânica.

Cabe ressaltar que o aluno que já passou pelo Simulador de Direção e obteve um bom aproveitamento, assimila de forma mais rápida os primeiros procedimentos do automóvel, e consegue ter um desempenho superior nas aulas práticas, haja visto que seu nível de ansiedade fica melhor equilibrado e sua concentração/atenção estão mais bem focadas.

2) O Simulador de Direção Veicular está contribuindo para amenizar o acumulo no agendamento de aulas noturnas da categoria “B”?

R: Mesmo com a opção do Simulador de Direção, acredito que ainda não atingimos o nível de credibilidade e aceitação por parte dos instrutores, que na verdade são os maiores formadores de opinião quanto a utilização do equipamento. Acho que já evoluímos bastante, porem falta criar uma “massa crítica positiva” em relação a uma ferramenta que compõe e agrega no processo de formação do condutor.

Parindo dessa premissa, e oferecendo a opção para o aluno realizar parte das aulas noturnas no Simulador de Direção, entendendo que após várias tentativas sem sucesso de implanta-lo no processo de habilitação, ainda não conseguimos atingir um nível satisfatório de tempo de espera para aulas noturnas. No meu caso em torno de 20/25 dias.

fernandoatorino23) Qual a avaliação dos alunos que passam pelas aulas do Simulador de Direção Veicular?

R: Neste curto espaço de tempo conseguimos dividir o perfil dos alunos de Simulador de Direção em dois grupos: aqueles que não dirigem e nunca tiveram contato como motorista, valorizam muito bem a experiência de começar pelo Simulador de Direção. Já aqueles que dirigem ou já possuem uma boa noção em dirigir, gostam do equipamento, mas fazem um paralelo com games e acham apenas divertido, porem quando submetidos à alguma forma de condição adversa, acham importante e conseguem perceber qual seu nível de atenção e reação.

4) Qual sua avaliação geral da implantação do Simulador de Direção Veicular em sua Autoescola/CFC?

R: Como forma de somar conhecimento, criar situações das quais os futuros motoristas irão enfrentar, coroar e materializar o trabalho teórico (tão bem aceito pelos alunos e instrutores), incentivar uma forma mais concentrada de dirigir, mostrar momentos de risco e suas consequências, trabalhando com pessoas comprometidas neste processo e desempenhando um papel com sua real importância, acredito que o uso da tecnologia estará cada dia mais presente em nossas vidas, ainda mais se tratando de um processo tão complexo quanto o trânsito, ajudando a diminuir os níveis estatísticos tão altos e cruéis quanto nossa realidade.