• Av. Tiradentes, 998 7º andar, Luz - SP
  • (11) 3929-5779

Simulador de direção x aulas noturnas

 

     

 

Por Sindautoescola.SP
Criado em 15/02/2019 - Última modificação em 15/02/2019
Acessos: 2254

Simulador de direção x aulas noturnas

 

O Sindautoescola.SP é favorável ao aprimoramento de TODO o processo de formação de condutores. Seja o curso teórico, o curso pré-prático ou o curso prático, além de todos os outros fatores que envolvem o assunto. Dito isso, continuamos recebendo questionamentos do setor sobre as manifestações do presidente Bolsonaro e do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, sobre o fim da obrigatoriedade do simulador de direção.

Acreditamos que o simulador representa uma importante ferramenta tecnológica e pedagógica para aquele aluno que nunca teve contato com o veículo automotor. É uma evolução tecnológica natural para o setor. Da mesma forma, daqui uns anos esses avanços vão tomar conta e transformar a forma como são realizados os cursos teóricos e os cursos práticos.

Vemos formas de ensino-aprendizagem novas surgirem todos os dias. Além disso, num futuro breve será impossível adquirir um veículo que não possua sensores tecnológicos, por exemplo. Como nos comportaremos diante disso?

Embora o Sindautoescola.SP tenha orientado o setor a não comprar o simulador na época que antecedeu sua implantação, centenas de autoescolas acabaram adquirindo o equipamento, principalmente por imposição da lei, já que desde 2015 as aulas no simulador se tornaram obrigatórias.

Esta semana nos reunimos com os demais representantes de Sindicatos Patronais do país em assembleia realizada na Feneauto, em Brasília (DF), e a maioria dos representantes enxerga o simulador como ferramenta útil para o aprimoramento da formação de novos condutores.

Aulas noturnas

A obrigatoriedade da aprendizagem noturna no processo de habilitação surgiu com a publicação da Lei nº 12.217, de 17 de março de 2010. Em seguida, o Contran editou resolução regulamentando a lei federal e estabelecendo que 20% da carga horária de todos os cursos práticos devem ser realizados no período noturno (Resolução Contran 347/10).

O estado de SP enfrentou grandes problemas durante a implantação dessa exigência. Para se ter ideia, no início dessa determinação, o Detran.SP estabeleceu que a aprendizagem noturna teria início a partir das 20h, o que gerou grande instabilidade no setor.

Na época, atuamos (o Sindicato) junto ao departamento de trânsito e, aos poucos, fomos corrigindo as distorções que apareciam. Uma delas, a exigência de aulas noturnas para as categorias C, D e E.

Desde o princípio das discussões sobre o tema, acreditamos que existe importância na realização da aprendizagem noturna, até porque sabemos que é uma condição adversa no trânsito e ainda, segundo estatísticas da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o período noturno concentra o maior número de acidentes de trânsito nas rodovias brasileiras.

Partindo desse princípio, entendemos ser importante para o futuro condutor vivenciar esse tipo de aprendizado, porém também entendemos que existe, sim, um excesso na quantidade de aulas noturnas exigidas atualmente.

Paralelamente, devemos considerar também as precárias condições da segurança pública em todo o país, o que já vitimizou integrantes do setor e ocasionou diversas manifestações da categoria e também de grupos de instrutores de trânsito.

Tanto o Sindautoescola.SP quanto a Feneauto já se posicionaram a favor de exigir apenas 1 (uma) hora/aula no período noturno para o candidato a primeira habilitação.

Estamos atuando ativamente para contribuir com as definições do Governo Federal e Ministério da Infraestrutura e, com isso, estabelecer nossos próximos passos e reivindicações para o setor.

A principal mudança que está por vir, no simulador de direção, vai dizer se poderemos utilizar o equipamento de maneira facultativa ou até mesmo compensatória e consequentemente, determinar a situação da aprendizagem noturna no processo de habilitação.

 

 



COMENTÁRIOS

Entre com seu usuário e senha para enviar seus comentários.

Estamos no WhatsApp!

Cadastre seu número para receber diariamente nossas notícias